quarta-feira, julho 30, 2014

Busca no site

Últimas Notícias

NOVA PESQUISA IBOPE

zemaria-na-nobelAmanhã o IBOPE divulgará pesquisa de candidatos ao Governo da Bahia, espera que o minguado 9% obtido pelo candidato Rui Costa na ultima sondagem, tende a subir. Como Paulo Souto teve 40% será natural uma acomodação de patamar inferior, pois se perdurar o mesmo percentual as eleições de GOVERNADOR seria decidida já no primeiro turno.

Amanhã a gente sabe, apesar de ser muito cedo, mas mostrará a tendencia.

ZE MARIA

 

 

.

raimundo quiquioTem um leitor do Blog que de vez em quando me liga, sempre falando que alguém morreu, “coloca no blog, esse blog só presta pra falar de quem morreu mesmo“.

Mas, é assim,  na sexta-feira todos jornais deram ênfase à morte de JOÃO UBALDO RIBEIRO, ontem falaram da morte de RUBEM ALVES e hoje falam do grande NORBERTO ODEBRECHT, a vida é assim. Claro que eles fazem falta, mas os nossos quem publicam?

Hoje faz um mês da morte de um grande amigo nosso, uma figura impar, corajoso, como dizemos aqui, positivo nas suas convicções, tem gente que nem gosta de ouvir as verdades, mas o Raimundo Quiquio era desses que falava o que tinha que falar, doa em quem doer  e foi assim que construiu sua amizade sincera com todos nós.

Muita falta faz essa figura extraordinária.

 

 

DOM BASÍLIO, NOSSA TERRA.

marlene e chavesNascer e viver  em DOM BASILIO é um privilégio, nesta terra se constroem amizades sólidas, duradouras e muito aprendizado. Causos  contados por amigos marcam para sempre. O Chaves esposo de Marlene de Seu Zezinho e de Dona Isabel, aliás vou antes de contar essa história, parabenizar MARLENE CHAVES, primeiro pela grande mulher que é, amiga leal, sincera e querida por todos, segundo pelo seu aniversário  que será na próxima semana, mais um ano de vida e que seja repetido por muitas e muitas vezes com saúde e paz.

Em Dom Basílio as pessoas normalmente não utilizam o artigo antes dos nomes próprios, esse vício de linguagem é dos paulistanos, daí a gente chamar O Chaves, O Perneta, O Alves  e O Bonfim ser uma exceção, todos esses trabalharam em São Paulo na antiga CODEL e lá  eram chamados sempre precedidos do artigo “A” ou “O” aí ficaram chamados assim.

Vamos ao caso de hoje: Um dia estava eu Dede Rosa e O Chaves e chegou um senhor lá do Tanque Bravo, todo apavorado queria comprar um funeral na loja de Seu Neca, naquela época faziam os caixões de defunto lá na roça mesmo, comprava só o complemento, o pano e os enfeites, não tinha funerária em Dom Basílio. Depois eu conto como eram feitos os caixões de defuntos.

Sim O CHAVES perguntou pro moço, quem Morreu?

Ele respondeu bem rápido, tava com pressa: foi o TAVO.

Ai O Chaves perguntou, morreu de que moço?

O rapaz tava muito apressado e não deu muita conversa, só disse assim: MORREU RAPAMENTE.

Ainda temos muita gente que usa o termo RAPAMENTE, quando alguém morre rapidamente e fazem sempre menção  ao nosso amigo RAIMUNDO CAIRES CHAVES.

 

 

 

 

que nascido e vivido em Dom Basílio