quinta-feira, outubro 30, 2014

Busca no site

Últimas Notícias

PÊSAMES AOS FAMILIARES.

Meus sentimentos a família Queiroz pela falecimento de VIVI QUEIROZ, uma dombasiliense muito especial, foi um ser humano que iluminou as festas religiosas em geral de Dom Basilio com sua voz muito bonita funcionaria de todos os prefeitos da antiga de dom Basilio meus sentimentos a toda familia neste momento de perda.

abs

Tarcísio Reis

 

VOTO DE CABRESTO, NUNCA IMAGINEI DE OUVIR ISSO AGORA.

zemaria avisandoEu sou inteiramente previsível no voto, não é de hoje. Na primeira eleição de Dom Basílio nossa família votou em JOAOZINHO DE MAROTO, perdemos, o vencedor foi TEIXEIRA; na segunda eleição votamos em ZECA ARAUJO e o vencedor foi OSORIO, a terceira, votamos em ZEZITO contra EVAILDO ganhamos, na outra eleição votamos em JOÃO CHAVES, candidato único, eles não lançaram candidato. em 1976 votamos no mesmo lado ZEZITO novamente, 1982 ZE MARIA CAIRES foi eleito, 1988 votamos em ZEZITO pela terceira vez, ganhamos novamente. Em 1992 votamos no BONFIM e perdemos pra ALFREDO, em 1996 votamos em ZE MARIA e perdemos pra LUCIANO; em 2000 e 2004 perdemos novamente pra ALFREDO; 2008, nossa familia votou em Luciano, menos eu que não entendia que ele era nosso, como ficou comprovado que não era. Em 2012 votamos novamente no mesmo lado BONFIM esse estava com nosso projeto.

Em 2016 teremos novas eleições, já estou definido, candidato de ALFREDO estou fora, haveremos de ter um novo PROJETO DE MUDANÇA.

São mais de 50 anos votando sempre defendendo nosso projeto, essa posição nos custou críticas de ENCABRESTADO, de que nordestino é voto de cabresto, lamentavelmente ouço novamente quem diz que nós nordestinos estamos encabrestados e vamos votar em DILMA.

Livre e democraticamente, não entendo assim, podem votar em DILMA, não somos encabrestados, meu voto é AECIO, pois entendo que alternância de poder é salutar, embora o governo do PT tenha avançado muito, mas se o povo entender que está na hora pode mudar, tem alternativa agora.

Em 2016 vamos tentar novamente um PROJETO DE MUDANÇA aqui em Dom Basílio, mas ninguém poderá ser taxado de encabrestado se quiser continuar como está.

Ze MARIA CAIRES

 

 

 

DOM BASILIO, 1958.

zemaria-na-nobelNasci no milênio passado, no século anterior e mais cinco décadas atras. Muito tempo se passou, queria mesmo que aqui pudéssemos escrever um pouco de nossa história, mas vejo que o tempo passa muito rápido, vivo agora a quinta geração dombasiliense. Augusto do Limoeiro, Zé Augusto, Manuel Araújo Alves (Manuel de Zé Augusto), Filha de Manoel e quem sabe bisneta de José de Augusto, em cinquenta anos vi a quinta geração, daí a dificuldade de narrar fatos que possam atingir a juventude por exemplo.

As grandes cidades vivem um problema crônico: a mobilidade urbana. Ainda bem que não vamos ter essa preocupação aqui, a capacidade de compra que a população brasileira adquirida com a estabilidade econômica e agora com os avanços sociais dos últimos governos, nos propiciaram adquirir geladeiras, televisões, fogões e até veículos, sem contar que a FOME não mais nos ronda, como no passado. Tive o dessabor de ver pessoas e famílias que não tinham o que comer, quantos armavam laços para pegar preás e dalí se alimentar, hoje felizmente não vivemos essa desgraça.

Pois bem transporte de massa, trens, metrôs, VLTs nem chegam a ser nossas preocupações. Vivi numa época que apenas tres  pessoas de nosso Município podiam comprar um carro, Maroto, Zeca Araújo e Zé Tibério, não me recordo do quarto  proprietário, claro que em 1970 esse número se multiplicou João  Neves, Miguel Emídio, Osório da Poça, Zé Castro, Guezinho, Toe Chaves, Zeca de Miguel Luiz e tantos outros.

Hoje todo mundo, ou quase todo mundo pode ter um carro de passeio, deixou de ser privilégio de poucos, mas podemos avançar muito mais, principalmente na nossa área econômica, pois nossa agricultura, motor de nosso desenvolvimento está totalmente abandonada pelos governos atuais, precisamos de um PROJETO DE MUDANÇA.

JOSE MARIA CAIRES

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O STRESS DE DILMA EXTRAPOLOU O LIMITE.

zemaria-na-nobelOntem, após o debate do SBT, a candidata DILMA deu sinais de cansaço, se atrapalhou na entrevista, hoje no sul do Brasil apareceu muito cansada e amanhã cancelou visita ao Rio de Janeiro, sob pretexto de que estaria se preparando para o debate da record de domingo as 22 horas.

Com a experiência da Candidata, não se faz necessário dois dias para se preparar um debate.

As aparências não enganam, tudo faz crer que o nível de stress da candidata tem ultrapassado todos limites.

JOSE MARIA CAIRES