sexta-feira, setembro 04, 2015

Busca no site

Últimas Notícias

MINIFUNDIOS PRODUTIVOS.

ze maria cairesÉ preciso repensar de forma técnica e apolítica a nossa maior fonte de riqueza. Agricultura familiar de Dom Basílio, vem de décadas. O sistema de irrigação nas margens do Rio Brumado é antigo, ainda que no passado era rudimentar, utilizavam as barragens, canais em curvas de níveis e finalmente inundações de canteiros, quando o consumo de água era exagerado, mas que perdurou por anos e anos e foi portanto, responsável pela subsistência de várias gerações, começando da Baixa do Paulo até Alagadiço em ambas margens do Brumado. Nunca e jamais abrigou latifundiários, somos formados de minifúndios de produção familiar. Quem assim não entende, desconhece literalmente nossa história, nem o nosso passado, dessa forma são ilegítimos para defender nosso povo, é uma pena, mas a inundação de estrangeiros, que desconhecem nossas raízes destruíram o de mais sagrado de várias gerações: A nossa CULTURA.

Nas últimas décadas evoluímos e muito, e é uma melhoria contínua, irrigação por aspersão, ainda que melhor que as inundações de canteiros e sulcos, mas já ficou pra trás, os microaspersores que foi uma novidade interessante, vem perdendo por sistemas mais eficazes e que além de eficientes para molhar, economizam muito o consumo de água, incutindo nos jovens o pensamento de uma atividade, baseada na preservação do meio ambiente e da sustentabilidade.

A guerra entre os LATIFUNDIÁRIOS e as famílias tradicionais é algo constrangedor que vem provocando o empobrecimento econômico das margens do Rio Brumado em nosso Município, é de pequenas áreas que centenas de pais e mães de família retiram os alimentos para seus filhos, ou melhor, retiravam.

Sabemos outrossim que muitos dos donos de depósitos de água bombeada do rio, tem no sangue a agricultura como fonte de riqueza, pois são descendentes de também pequenos agricultores, aliás não podia ser diferente, mas são na maioria pessoas que tem outras fontes de rendas e a agricultura desses poucos é apenas o lazer e não suas fontes econômicas predominantes, as vezes complementares quando são, muitas são inclusive deficitárias.

Falta nossas autoridades acordar, não podemos nos basear nos anos de estiagem como o dos anos que estamos passando, é um ciclo natural e passageiro, o Rio Brumado, chamado pelos antepassados de “CORDÃO DE OURO”  haverá de correr, a Barragem do Paulo mesmo com todas intemperes e degradações haverá também de transbordar e claro dias melhores virão para todos dombasilienses, especialmente os que vivem das suas pequenas áreas irrigadas.

Ou nossas autoridades busca uma forma de delimitar as áreas permitidas para plantio, buscar limitar as potências das bombas instaladas, proibir as barragens do vale do Rio, discutir com os pequenos agricultores prejudicados pelos bombeamentos desordenados de grandes produtores que praticamente desviam o rio para barragens que perdem a água pela evaporação e infiltração, retirando dos mini produtores, a possibilidade de produzir OU colocaremos em xeque o futuro de uma geração.

É preciso que as autoridades se posicionem em defesa dos mais fracos, aliás decisão difícil, pois é mais cômodo apoiar os fortes. Cabe uma busca permanente para exigir OUTORGA D’ÁGUA pra todos que se instalar nas margens do Rio equipamentos dimensionados para necessidades essenciais.

Acreditamos que uma medida judicial, poderá trazer um alento, UMA AÇÃO CIVIL PÚBLICA  iluminará  a solução, o Estado haverá de responder pra sociedade dombasiliense, pois a falta de representatividade política tem incomodado muitos.

JOSE MARIA ALVES CAIRES

EX-PREFEITO

 

 

 

 

 

 

 

 

DOM BASILIO PERDE CARTORIO

ze maria cairesUma semana triste para a história de Dom Basílio, o Cartório de Registro de Pessoas Naturais de nossa cidade, fechou suas portas no mes de maio de 2015.
A crise que abala o País, provocada pela corrupção não tem medida, chegou ao Judiciário, o fechamento é em decorrência de uma austeridade e contenção de custos na Justiça baiana.
Ainda que a Prefeitura não tem nada a ver com isso, cabe ao Executivo buscar alternativas, mesmo assumindo através de convênio, a manutenção do cartório que completaria 90 anos de Dom Basílio em 2016.
Lamentável.

JOSE MARIA CAIRES

MENSAGEM PARA OS DOMBASILIENSES

Reply to:

samuelsilvam@hotmail.com

On page:

http://dombasilio.com/v.3/

Message:

Boa a noite a todos Dom Basilienses, muita saudades de todos, queria mandar um grande beijos e abraços a todos da comunidade de fazenda mata e e pra todos as demais comunidades e Dom Basilio e a todos da tropicalhete fm, saudades de todos.